maio 17, 2020  Allie No comments RMcABR

No último sábado (16) a Netflix divulgou o clipe da música “Volcano Man”, que faz parte da trilha sonora do filme “Festival Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lars”. O vídeo mostra o clipe da banda fictícia Fire Saga, no filme formada por Rachel McAdams e Will Ferrel. Confira:


O filme que estreia dia 26 de junho na Netflix, focará no The Eurovision Song Contest, competição musical europeia que acontece desde 1956.

Acesse nossa galeria para ver os screencaps do clipe e novos pôsters do filme:

FILMES | MOVIES > Eurovision (2020) > Trailer – Screencaps

FILMES | MOVIES > Eurovision (2020) > Pôsters

janeiro 04, 2020  Allie No comments RMcABR

Netflix divulgou a sinopse oficial de Eurovision. O texto, embora não revele muito sobre a trama, fala sobre os personagens da Rachel McAdams e Will Ferrell. Veja:

Quando os aspirantes a músicos Lars (Will Ferrell) e Sigrit (Rachel McAdams) têm a oportunidade de uma vida para representar seu país na maior competição de músicas do mundo, eles finalmente têm a chance de provar que qualquer sonho é um sonho pelo qual vale a pena lutar.

O filme estreia ainda este ano na Netflix.

dezembro 26, 2019  Allie No comments RMcABR

Como hoje (25/12) é comemorado o Natal, resolvemos fazer um especial sobre “Tudo em Família”, o único filme natalino em que a Rachel atuou. Confira:

1 – Com o nome original de “The Family Stone”, o filme conta a história da família Stone, que se une por uma causa comum quando o filho favorito traz a namorada reprimida para passar o Natal em casa e ainda planeja pedi-la em casamento. Surpreendida pela recepção hostil, a garota pede apoio emocional à irmã, complicando ainda mais a situação.

2 – O filme estreou nos EUA no dia 16 de dezembro de 2005, e só chegou no Brasil quase um mês depois, em estreia limitada, no dia 13 de janeiro de 2006 com o nome de “Tudo em Família”.

3- Rachel McAdams trabalhou com os dois irmãos Wilson em dois filmes diferentes no mesmo ano. Este filme com Luke Wilson e em Penetras Bons de Bico (2005) com Owen Wilson.

Clique para ver imagem em tamanho real

4 – O orçamento do filme foi de apenas $18,000,000 mas o longa arrecadou mais de $ 90,000,000 no mundo todo.

5 – Rachel McAdams interpreta Amy Stone, filha do meio de Sybill e Kelly Stone. Amy é professora, e a mais rebelde da família.

6 – O filme foi filmado em sua maior parte em Connecticut, nos EUA. A história de passa em maior parte na casa dos Stones, nos dias que antecedem o Natal.

7 – Rachel McAdams tem um ótimo tom de comédia nesse longa, mas também emociona em algumas cenas importantes do filme, é uma das melhores atuações do início da sua carreira!

Aposto que não sabia de tudo isso sobre “Tudo em Família”, não é? O filme pode ser comprado e/ou alugado em algumas plataformas digitais, não deixe de conferir!

outubro 27, 2018  Allie No comments destaque, disobedience, Notícias

O site TribecaFilm fez uma lista com as 11 melhores performances femininas do começo de  2018 e a Rachel está no 5º lugar! Confira abaixo:

Estas performances de tela podem ter estreado durante o primeiro semestre de 2018, mas suas realizações merecem ser discutidas e lembradas durante todo o ano.

5-Rachel McAdams, Disobedience

Eu não tentei esse experimento e não o recomendaria necessariamente, mas eu suspeito que, se eu assistisse à “Desobediência” de Sebastián Lelio no mudo, eu ainda seria capaz de discernir cada sombra e sentimento na performance reveladora de Rachel McAdams como Esti. , uma esposa ultra-ortodoxa e professora de inglês que gradualmente começa a questionar sua fé no reaparecimento de Ronit (Rachel Weisz), um amor distante e auto-exilado de sua juventude há muito tempo. Depois de anos navegando desconfortavelmente no jogo da ingênua Hollywood em tudo, desde romances melosos até uma comédia de Woody Allen, McAdams finalmente assumiu o papel de atriz. A desobediência representa um pico de carreira para essa intérprete despretensiosa e versátil, que nunca pareceu mais confiante e à vontade em sua própria pele do que faz, o que certamente é um dos papéis mais estrangeiros em sua filmografia. McAdams, uma hábil moduladora resistente à pintura de seus personagens em traços largos, interioriza a jornada carregada traçada por Esti e, em seguida, estabelece telegrafar cada mudança na psicologia do personagem através de sua fachada de boneca. Há uma exatidão afinada em seu método que só aumenta em urgência e emoção quando Esti se transforma de uma crente devota fingindo-se em contentamento beatífico a uma cética vacilante, cujos atos de rebelião sexual e espiritual possuem uma gravidade possibilitada, em primeiro lugar, pelo o compromisso sincero de seu intérprete. McAdams incorpora vividamente o que já é predominante em Esti na página; isto é, a dolorosa desilusão de uma mulher que vive contra seu grão dentro dos limites de um mundo imune à mudança. Mas a atriz, que lança uma luz incisiva mesmo no mais sombrio dos cenários, também sugere uma dupla qualidade de igual profundidade: a esperança de que exista uma existência fora dos muros da religião de Esti que lhe permitirá amar e evoluir sem culpa ou repressão



Estatísticas do blog
  • 66.852 cliques


O Rachel McAdams Brasil não tem qualquer ligação direta com a Rachel, familiares ou agentes. Todo o material postado aqui é de propriedade de seus respectivos donos/autores. Se você possui/é dono de algum material que foi postado aqui e deseja que seja removido, entre em contato antes de tomar qualquer ação legal. Agradecemos!